PRESS RELEASE: Itaú anuncia investimento na XP

Para conveniência dos leitores, segue a íntegra do comunicado distribuído pela comunicação do Itaú Unibanco agora há pouco:

Itaú Unibanco anuncia participação minoritária na XP Investimentos

São Paulo, 11 de maio de 2017 - O Itaú Unibanco Holding S.A. celebrou com a XP Controle Participações S.A., o G.A. Brasil IV Fundo de Investimento em Participações e o Dyna III Fundo de Investimento em Participações, entre outros vendedores, contrato prevendo a aquisição de 49,9% do capital social da XP Investimentos (sendo 30,1% das ações ordinárias) mediante aporte de capital no valor de R$ 600 milhões e aquisição de ações detidas pelos vendedores no valor de R$ 5,7 bilhões.

O Itaú Unibanco, que passará a ser acionista minoritário da XP, comprometeu-se ainda a adquirir, em 2020, um percentual adicional de 12,5%, que lhe garantirá 62,4% do capital social total da XP (sendo 40,0% das ações ordinárias). Além disso, em 2022, outro percentual adicional de 12,5%, lhe garantirá 74,9% do capital social total da XP (sendo 49,9% das ações ordinárias), com base no valor justo de mercado da XP à época.

Adicionalmente, o Itaú Unibanco e alguns dos vendedores firmarão um acordo de acionistas que dará ao banco o direito de indicar dois de sete membros do Conselho de Administração da XP. A partir de 2024, a XP Controle poderá exercer uma opção de venda da totalidade de sua participação no capital social da XP ao Itaú Unibanco. Já a partir de 2033, o banco tem a opção de compra da totalidade da participação. Somente mediante o exercício de qualquer dessas opções ocorrerá a aquisição de controle e da totalidade do capital social da XP pelo Itaú Unibanco.

"Através desse investimento, o Itaú Unibanco mostra novamente seu dinamismo, sua flexibilidade e sua marcante disposição de crescer e ampliar a competição no mercado brasileiro. É também o reconhecimento de um outro modelo de negócio, com o qual temos muito o que aprender", afirma Pedro Moreira Salles, co-presidente do Conselho de Administração do Itaú Unibanco.

A conclusão da operação está condicionada à aprovação das autoridades competentes, incluindo o Banco Central do Brasil e o CADE - Conselho Administrativo de Defesa Econômica. Cabe destacar que a gestão e a condução dos negócios de todas as sociedades do Grupo XP, incluindo a XP Investimentos, continuarão totalmente independentes, segregadas e autônomas, preservando os mesmos princípios e valores atualmente em vigor.

"Acredito que essa transação tirará o Itaú e demais bancos da zona de conforto, pois fortalecerá a XP e aumentará sua capacidade de competir no mercado de investimentos. Para o banco, essa transação representa uma diversificação de seus negócios através de outra forma de servir ao investidor, que será o grande beneficiário dessa operação", analisa Roberto Setubal, co-presidente do Conselho de Administração do Itaú Unibanco.

O Grupo XP continuará sendo controlado pelos sócios da XP Controle, sendo que os atuais administradores e executivos permanecerão à frente da XP Holding, da XP Investimentos e de suas controladas. Assim, a XP Investimentos continuará atuando como plataforma aberta e independente, buscando oferecer aos seus clientes uma gama diversificada de produtos próprios e de terceiros, competindo livremente com as demais corretoras e distribuidoras do mercado de capitais, inclusive aquelas pertencentes ao conglomerado Itaú Unibanco, sem qualquer tipo de restrições ou barreiras. O Itaú Unibanco atuará como sócio minoritário e não terá influência nas políticas comerciais e operacionais da XP Investimentos ou de qualquer outra sociedade do Grupo XP, nem qualquer acordo de preferência ou exclusividade na comercialização de produtos.

"Acredito que o cliente será o grande beneficiário na medida que a XP sai fortalecida dessa transação", finaliza Candido Bracher, CEO do Itaú Unibanco.

A XP está presente em 130 cidades brasileiras em 24 estados, com aproximadamente 850 colaboradores, 2 mil agentes autônomos, 410 mil clientes, R$ 85 bilhões de ativos sob custódia e R$ 12 bilhões de ativos administrados, tendo como principais negócios a corretagem de valores mobiliários, a distribuição de produtos de investimentos e a gestão de recursos de terceiros.

Sobre o Itaú Unibanco - O Itaú Unibanco, com mais de 90 anos de história, é o maior banco privado da América Latina. Presente em 19 países nas Américas, Europa e Ásia, o banco conta com cerca de 95 mil colaboradores. Com uma rede de atendimento ampliada, composta por mais de cinco mil agências e postos de atendimento e 46 mil caixas eletrônicos em todo o território nacional, atende clientes pessoa física e pessoa jurídica em todos os segmentos, sempre focado na satisfação e excelência no atendimento. O banco tem ações negociadas nas bolsas de São Paulo e Nova York, e faz parte do Dow Jones Sustainability World Index há 17 anos consecutivos.