DAYTRADE_ANDRÉ_MULTI_V5
play-rounded-fill

DAYTRADE_ANDRÉ_MULTI_V5

Multi: Quem esperar melhora no curtíssimo prazo vai se decepcionar, diz CEO

13 de dez, 2023

Após resultados um pouco melhores no segundo trimestre, o mercado esperava que o terceiro tri traria notícias melhores para o Grupo Multi (ex-Multilaser). Não foi o que aconteceu: queda de 10% nas vendas na comparação sequencial e a margem EBITDA caindo 19,7 pontos percentuais. Um alento veio da geração de caixa, que veio próxima a R$ 250 milhões.

Com uma Black Friday abaixo das expectativas e o brasileiro preferindo consumir itens de menor valor ou serviços, a recuperação deve ficar para o segundo semestre de 2024, diz o CEO Alexandre Ostrowiecki.

“Quem esperar resultados muito bons no curtíssimo prazo vai se decepcionar. Temos que alinhar as expectativas.”

Para essa retomada, Ostrowiecki afirma que a empresa tem apostado em três pilares: substituição de estoques de produtos de margem baixa pelos mais rentáveis (como televisores e produtos “bons, bonitos e baratos”), enxugamento do custo fixo (a Multi já diminuiu 20% do quadro de funcionários) e novas parcerias.

Além disso, com juros mais baixos, o consumidor deve voltar a consumir produtos de maior valor agregado, diz o executivo.

Siga o Brazil Journal no Instagram
Seguir