A JBS acaba de comprar o Grupo King’s, uma empresa italiana dona de duas marcas tradicionais de charcutaria e especializada na produção do chamado ‘Prosciutto di San Daniele’ (um tipo de presunto). 

A JBS disse que a aquisição fortalece sua presença nos EUA e na Europa, além de posicioná-la com “um portfólio e uma estrutura de produção e distribuição de especialidades italianas autênticas.” 

O Grupo King’s opera com duas marcas principais: a King’s — criada há mais de 100 anos na região de Veneto e reconhecida pelo governo italiano como “marca histórica de interesse nacional” — e a Principe, fundada em 1945 em Trieste.

A empresa controlada pela família Batista está pagando US$ 92,5 milhões pela King’s, incluindo quatro fábricas na Itália e a operação nos Estados Unidos, onde a King’s tem uma planta dedicada ao fatiamento de peças em Nova Jersey.

A aquisição está sendo feita pela Rigamonti, a subsidiária italiana que a JBS comprou em 2011. A Rigamonti já é líder na produção da bresaola, uma carne bovina embutida semelhante ao salame.

A aquisição também vai ao encontro da estratégia da JBS de investir em produtos de alto valor agregado.