O presidente da Petrobras, Caio Paes de Andrade, disse hoje que aceitou um convite do Governador Tarcísio de Freitas para fazer parte da administração estadual num cargo ainda não revelado.

Caio, que luta contra um câncer e está no comando da Petrobras há apenas cinco meses, ficará no cargo pelas próximas semanas para ajudar na transição na estatal. Seu mandato venceria apenas em abril. 

No Governo Bolsonaro, Caio foi um dos membros mais leais da equipe do Ministro Paulo Guedes. 

Trabalhou na Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, e antes comandou o Serpro (o Serviço Federal de Processamento de Dados) por pouco mais de um ano. 

Na iniciativa privada, ele empreendeu diversas vezes, com foco no setor de tecnologia. Sua primeira empresa foi um provedor de internet vendido para a extinta PSINet em 1993.  Alguns anos depois, fundou outra empresa de internet comprada pelo IG por R$ 55 milhões.

O Presidente eleito ainda não nomeou o próximo presidente da Petrobras, nem de nenhuma estatal.