A B2W anunciou agora à noite que Marcio Cruz, um veterano com mais de 20 anos de casa, se tornará CEO em junho, substituindo Anna Saicali, que assumirá dois novos papeis depois de 14 anos como CEO da empresa que controla o Submarino.com, o Shoptime e a Americanas.com.
 
A partir de junho, Saicali assumirá a presidência do conselho da B2W e será CEO de uma nova empresa que está sendo criada, a “IF – Inovação e Futuro”.
 
A B2W disse que a nova companhia terá a missão de criar e incubar negócios disruptivos, que mais tarde serão integrados às estruturas tanto da B2W quanto de sua controladora, as Lojas Americanas.  O objetivo é potencializar e acelerar os esforços de inovação e ganhar velocidade no processo de go-to-market de novos produtos e serviços.
 
A razão para a formatação de uma nova empresa, no entanto, não está inteiramente clara, já que a B2W criou seu primeiro laboratório de inovação — o B2W Inovação e Tecnologia (BIT) — em 2013.
 
Hoje, o BIT tem escritórios no Rio, São Paulo e dentro do Massachusetts Institute of Technology (MIT), a partir de onde publica papers científicos sobre, por exemplo, os desafios da chamada ‘última milha’.  A partir do BIT, a companhia fez uma série de aquisições nos anos seguintes:  10 empresas de tecnologia e três de logística.
 
A B2W também está criando uma segunda empresa, a “LET’S – Logística e Distribuição”, que fará a gestão compartilhada dos ativos de logística e distribuição da B2W e das Lojas Americanas, que hoje cobrem todos os municípios brasileiros com centros de distribuição, hubs e lojas.
 
Além de aumentar a eficiência logística das companhias, a LET’s permitirá aos investidores no mercado de capitais tangibilizar melhor o valor daquele negócio, segundo executivos da B2W.
 
O CEO da LET’S será outro veterano do grupo, Timotheo Barros, que começou nas Lojas Americanas como trainee em 1996, já foi CFO e relações com investidores de ambas as empresas e liderou a estruturação da plataforma de logística e distribuição da B2W, incluindo as aquisições de transportadoras.
 
A B2W disse que os detalhes da criação de ambas as empresas — incluindo a participação acionária que B2W e Lojas Americanas terão nas companhias e os times que migrarão para as novas estruturas — ainda estão sendo desenhados.
 
Como parte das mudanças anunciadas hoje, André Street, o fundador e controlador da Stone Payments, deixará o conselho da B2W em 1 de junho.