18.11.22_AGROJOURNAL_FREDERICO_HUMBERG_V4
play-rounded-fill

18.11.22_AGROJOURNAL_FREDERICO_HUMBERG_V4

China pode fazer do milho a nova soja brasileira

21 de nov, 2022

O Brasil se prepara para iniciar as exportações de milho para a China, depois de ambos os países terem definido e aprovado todos os protocolos sanitários de embarque.

Com isso, o milho pode se transformar na nova soja nacional e passar a ser um dos itens mais importantes da pauta de exportação brasileira, segundo Frederico Humberg, CEO da Agribrasil, uma das maiores tradings de milho do país e que prepara um IPO da ordem de R$ 1 bilhão para 2023.

Para Octaciano Neto, diretor de agronegócio da Suno, empresas como SLC e BrasilAgro devem ter um impacto positivo no Ebitda, puxado pelo esperado aumento de preços do milho. Já BRF e JBS devem sofrer com o aumento dos custos de ração.

Entrevistas: 

Frederico Humberg | CEO da Agribrasil

Octaciano Neto | Diretor de Agronegócio da Suno

Siga o Brazil Journal no Instagram
Seguir

Últimos vídeos