WEBSUMMIT_SIGNAL_V2
play-rounded-fill

WEBSUMMIT_SIGNAL_V2

Signal vê privacidade e inteligência artificial em lados opostos

9 de maio, 2023

“A inteligência artificial é um grande problema, mas não pelas razões que muitos dizem”, afirma Meredith Whittaker, presidente do app de mensagens Signal. “Não vai ganhar vida, nem eliminar a humanidade.” Para ela, o grande problema da IA é o fato de ser um produto do modelo de negócios das grandes empresas de tecnologia, que é baseado em capturar dados e, muitas vezes, usá-los para monitorar usuários.

Whittaker diz que o Signal continuará dependendo de doações para se manter ativo. Não será uma empresa com fins lucrativos, porque, no setor de tecnologia, “o modelo de negócios e a fonte de lucro em geral dependem de alguma forma de monetizar a vigilância:, diz.

A executiva também defende fortemente o direito à privacidade nas comunicações. “As pessoas se comunicam de forma privada há milhões de anos”, afirma. Apenas recentemente, com o surgimento da comunicação online, foi criada uma “rede de vigilância em massa”. Ela compara os aplicativos de mensagens a canetas para dizer que não faz sentido exigir que os fabricantes informem tudo o que foi escrito.

 

 

 

 

Siga o Brazil Journal no Instagram
Seguir