A Hapvida e a Intermédica anunciaram duas pequenas aquisições nesta semana. As empresas, que estão unindo suas operações a partir de amanhã, têm em vista cerca de 20 aquisições dentro da estratégia de expandir e verticalizar a rede.  

A Hapvida disse hoje que está pagando R$ 300 milhões pela Smile Saúde, uma operadora de planos de saúde com cerca de 80 mil beneficiários em Maceió, Campina Grande,  Brasília e João Pessoa, onde tem um hospital com 39 leitos, sendo 14 de UTI.

A Hapvida já tem uma carteira de cerca de 160 mil beneficiários em planos de saúde e três hospitais nessas localidades.

Já a Notre Dame Intermédica pagou um enterprise value de R$ 83 milhões pelo HSCOR, o Hospital do Coração de Duque de Caxias, na região metropolitana do Rio. 

O HSCOR é um hospital cardiológico de alta complexidade, recentemente reformado, com laboratório de análises clínicas e parque de imagem. Ele tem 70 leitos, sendo 20 de UTI e seis salas de cirurgia, e em  2021 faturou R$ 50,6 milhões.

Hapvida e Intermédica vão manter as marcas separadas e também as equipes de M&A e integração para valorizar a expertise dos dois  times em cada região do País.