A Dynamo disse na sexta-feira que aumentou sua participação na Vibra Energia para 5,4% do capital da companhia.  

O anúncio sugere que a gestora voltou a comprar o papel dias depois de divulgar uma proposta de chapa para o conselho.

O aumento da posição – por enquanto marginal – faz o núcleo de acionistas formado por Dynamo e Ronaldo Cezar Coelho subir de 14,3% quando foi anunciado em outubro para 15,1% agora.

Ronaldo é o maior acionista individual da Vibra, com 9,8% do capital.