A Dynamo decidiu reabrir para captação, um sinal de que a gestora com um dos melhores track records do País está vendo valor na Bolsa nos preços atuais — e apesar do ano eleitoral.

A Dynamo disse que seu flagship fund, o Cougar, vai reabrir para levantar até R$ 1,1 bilhão nos próximos dias.

Os cotistas atuais terão prioridade: serão atendidos por ordem de chegada até um limite total de R$ 450 milhões. A Dynamo vai receber as ordens na segunda-feira, dia 31.  

Outros R$ 650 milhões serão alocados para o público em geral, cujas ordens começarão a ser colhidas em 2 de fevereiro.  

Cada cotista atual está limitado a R$ 7 milhões na tranche do dia 31; os demais investidores, a R$ 30 milhões cada.

“Há muito tempo não vemos empresas de qualidade negociando a múltiplos tão interessantes,” um sócio da gestora disse ao Brazil Journal.  “Os preços estão atrativos para quem tem visão de longo prazo.  2022 certamente vai ter volatilidade, mas se você não tiver a pretensão de acertar o low, o momento é propício.”

Uma das maiores gestoras de ações do País, a Dynamo  administra R$ 17 bilhões no Cougar e em fundos exclusivos que seguem a mesma estratégia.  A gestora é acionista histórica de empresas como Localiza, Cyrela, Natura e Lojas Renner.

Esta é a segunda vez nos últimos 10 anos que a Dynamo reabre seu principal fundo.  Em março de 2020, quando o surgimento da covid colocou as bolsas mundiais em liquidação, a gestora abriu para captar cerca de R$ 1 bilhão.  O fundo estava fechado desde 2011. 

Agora, o investimento mínimo será de R$ 300 mil para novos cotistas e R$ 30 mil para cotistas atuais.  Em princípio, a janela para os novos cotistas ficará aberta até 16 de fevereiro, mas a Dynamo disse que vai fechá-la assim que a captação atingir R$ 1,1 bilhão – o que na prática pode acontecer em questão de horas.

A reabertura vem logo após uma correção de mercado que começou em meados do ano passado, deprimiu os preços, descarrilhou IPOs e levou pessoas físicas que haviam recém descoberto a Bolsa a vender em meio ao mini pânico.