bandeira russa

A recente alta da Bovespa teve uma característica peculiar: a entrada de dinheiro russo.

De acordo com chefes de corretoras,  há dois tipos de capital entrando: fundos globais que tinham alocação de recursos na Rússia e agora estão liquidando posições e se realocando para Brasil, e dinheiro dos próprios russos tentando fugir da mesma coisa: o risco-país (sem camisa) de Vladimir Putin.

De acordo com um analista russo que vive nos EUA, estima-se que a fuga de capitais da Rússia este ano ficará entre US$ 80 bi e US$100 bi.