A Arezzo&Co já conseguiu demanda suficiente para o seu follow-on no primeiro dia de reuniões com investidores.   

Os bancos têm dito a investidores que o book já está mais que 1,5x coberto (sem considerar a oferta prioritária, para a qual se espera uma alta adesão, mas já incluindo o hot issue, cuja colocação deve ser decidida dependendo do preço final). 

A demanda está vindo tanto de investidores internacionais quanto locais.  O pricing está marcado para o dia 3. 

Nas conversas com investidores, o CEO Alexandre Birman tem dito que não faz sentido a ideia — que circulou ontem — de que tentaria uma fusão com uma grande rede de varejo.  

A empresa disse que seu foco continua sendo a aquisição de marcas complementares ao seu portfólio.

Os coordenadores são Itaú BBA, BTG Pactual, BofA, XP, Santander e UBS BB.