Num sinal dos tempos bicudos para as incorporadoras, as ações de MRV e Cyrela estão entre as mais shorteadas da Bolsa. 

A MRV reporta hoje depois do mercado; a Cyrela, amanhã.

O percentual de ações alugadas em relação ao free float na MRV é de 15% – a empresa tem o maior percentual do float alugado, mas a taxa para os tomadores é de 0,44% ao ano, a menor entre os dez papéis mais shorteados. 

Em segundo lugar vem a Cyrela, empatada com o IRB, com 14% do free float alugado. Nesse caso, a taxa da Cyrela é a mais alta entre as dez ações mais alugadas: está em 8,29% ao ano, um pouco acima do IRB, com 8,12%; 

Completam a lista das 10 ações mais shorteadas: Movida e  Multiplan, com 13% do free float; Braskem PNA e CVC, com 12%; CTEEP, com 10%, e EDP e Magalu, com 9% cada. 

Os dados foram compilados pela Necton.