A Adventures — a empresa de marketing digital e gestão de marcas — acaba de lançar uma marca em sociedade com o cantor sertanejo Gusttavo Lima.

A empresa de Ricardo Dias e Rapha Avellar se associou ao sertanejo para fundar a GL Cosméticos, que chega ao mercado lançando o Embaixador, um perfume unissex que custa R$ 189 e pretende atingir o público A/B.

Esta é a primeira empresa da Adventures dentro de sua estratégia de criar marcas DNVBs para usar o alcance de celebridades como motor de vendas.

No ano passado, a empresa já havia criado uma marca – a Auê Sienna – em parceria com a cantora e atriz mirim Sienna Belle, que tem mais de 2 milhões de seguidores no Instagram. A experiência foi uma oportunidade para “azeitar” o modelo.

Gusttavo Lima tem 44 milhões de fãs no Instagram e 19 milhões de inscritos em seu canal no Youtube; o cantor está há 308 semanas (quase 6 anos) no top 100 Brasil da plataforma.

A GL Cosméticos segue o mesmo modelo de negócios da Kylie Cosmetics, criada pela socialite americana Kylie Jenner, da família Kardashian. Em 2020, a influenciadora-empreendedora vendeu 51% da marca para a Coty por US$ 600 milhões. 

Sócia majoritária da nova empresa, a Adventures fez um investimento inicial na GL de R$ 5 milhões. A escolha de uma fragrância para o lançamento da marca foi baseada no tamanho do mercado de perfumaria do Brasil: R$ 35 bilhões. 

A criação da essência ficou a cargo da tradicional casa suíça Givaudan, que desenvolve produtos para marcas como Carolina Herrera e Lâncome. Com um modelo asset light, a produção e a distribuição é feita com fornecedores.

Além das redes sociais do cantor, a estratégia de lançamento do Embaixador incluiu convocar 204 presidentes de fãs-clubes do artista para ampliar o engajamento e as vendas. Nas primeiras horas em que o site da GL liberou a pré-venda do produto, na madrugada desta quinta-feira, já foram comercializadas 10 mil unidades.

“Ao invés de usar a publicidade tradicional, o Gusttavo vai usar o seu próprio canal, na rede social e nos shows por exemplo, para promover a marca GL e sua linha de produtos. Com isso, o modelo de mídia é invertido, monetizando a atenção que ele recebe, através de produtos, num site próprio, e conseguindo assim também os dados dos consumidores,” Ricardo Dias disse ao Brazil Journal.

Com os dados da comunidade, a GL pretende fazer barba, cabelo e bigode – literalmente. 

O próximo passo é lançar um portfólio de produtos de men’s grooming, uma categoria que cresce a uma taxa anual de mais de 20%, segundo a Euromonitor.