O Brasil deixou de ser um dos lugares mais caros do mundo para comprar produtos da Zara.

A nova edição do Índice Zara, calculado pelo BTG Pactual, mostra que os produtos Zara estão 2% mais baratos no Brasil em relação aos preços nos EUA – e o motivo, claro, é a desvalorização do real. 

O resultado contraria a tendência das três últimas pesquisas, realizadas entre 2019 e 2021 – na análise do ano passado, os produtos da Zara estavam 4% mais caros no Brasil do que nos EUA.  Quando o BTG começou a compilar o índice, em 2014, vestir-se na Zara no Brasil era 21,5% mais caro que nos EUA.

Desde a última divulgação do Índice Zara, há um ano, o real perdeu 9% de seu valor em relação ao dólar.

O Índice Zara compara os preços de 12 itens comercializados pela varejista espanhola em 50 países. Nesta nova edição, em apenas sete lugares – Israel, Tailândia, Vietnã, Cingapura, Taiwan, Austrália e Coréia do Sul – os produtos da Zara estão mais caros do que nos EUA.