O publicitário Nizan Guanaes disse à Folha que discorda das ideias do deputado Jair Bolsonaro, mas enxerga o seu potencial na eleição deste ano.

“Eu não sou Bolsonaro. Eu acho que vai ganhar. Do jeito que as coisas estão caminhando, ele é um fortíssimo candidato. Porque ele tem uma conexão, está trazendo, ao meu ver, respostas operísticas para demandas da população”, Nizan disse à repórter Thais Bilenky.

“É uma campanha que anda morna e você tem uma população que está irritada, que está enlouquecida com o crime, aí tem a desilusão. Bolsonaro é o Dorflex, é uma solução para a sua dor”, disse o publicitário.

Nizan também dinamitou a tese — popular no establishment político — de que candidatos com pouco tempo de TV têm pouca chance de ganhar.

 
O publicitário disse à Folha que tempo de TV “é uma conversa antiga.” 
 
“Ele tem tempo digital. Ele tem 34% no Acre. De onde veio esse cara no Acre?”

E notou que falava apenas como especialista do ramo da comunicação. “Não é uma conversa política, senão amanhã vou sair tomando porrada da Folha.”

 

Conheça o Brazil Journal no Instagram e no YouTube.