A Amazon vai recomprar US$ 10 bilhões em ações e ‘splitar’ sua ação, que hoje negocia a US$ 2.785, em 20. 

O tamanho da recompra é significativo e fez a ação da Amazon subir 6% no início do pregão de hoje. 

Ainda que o valor represente menos de 1% do market cap de US$ 1,4 trilhão da companhia de Jeff Bezos, o movimento é um indicativo de que a empresa acredita que suas ações estão baratas. 

Em seu último programa de recompra, em 2016, a Amazon havia autorizado a recompra de US$ 5 bilhões. Daquele total, ela usou apenas US$ 2 bi até agora, e tudo a partir de janeiro deste ano. 

A recompra vem num momento de correção da Nasdaq, com diversas empresas de tecnologia perdendo mais da metade do seu valor de mercado nos últimos meses. 

A Amazon acumula queda de 20% nos últimos seis meses.

O split também chamou a atenção por ser a primeira vez desde 1999 que a Amazon faz um movimento do tipo.