O conselho da Petrobras acaba de aprovar a venda do campo de Albacora Leste para a PetroRio por cerca de US$ 2,2 bilhões, fontes a par do assunto disseram ao Brazil Journal.

Em novembro, a PetroRio havia sido escolhida para negociações exclusivas com a Petrobras envolvendo os dois campos.

As duas empresas passaram meses negociando o contrato, mas decidiram focar em Albacora Leste, o menor dos dois campos. Agora, continuam em negociações para fechar Albacora, cujas reservas são quase 3 vezes as de Albacora Leste.

Só a compra de Albacora Leste praticamente dobra o tamanho da PetroRio, tanto em produção quanto receita e EBITDA. Hoje, a empresa produz 34 mil barris/dia, e a aquisição adiciona outros 27 mil. 

A aprovação da venda vem em meio ao ceticismo de parte do mercado, que achava que a transação poderia não fechar depois que o petróleo disparou em meio à guerra da Ucrânia. A preocupação era de que a Petrobras tentasse reprecificar o ativo, o que poderia inviabilizar o negócio.

Esse ceticismo tem se refletido no preço da ação da PetroRio — que negocia hoje no mesmo nível de antes do anúncio de novembro — e nas posições short na empresa, que tem aumentado nos últimos meses. 

Hoje, a PetroRio tem 55 milhões de ações alugadas, o equivalente a 5% do capital. 

Em Albacora Leste, a PetroRio vai pagar 15% do valor agora, e o restante só no closing da operação, previsto para até o final deste ano. 

O preço acordado inclui uma componente variável (que as fontes estimam em US$ 300 milhões) a ser pago nos próximos anos caso o preço do Brent fique acima de determinado valor. 

Segundo fontes, a PetroRio não fará uma emissão de ações neste momento. Albacora Leste vai ser financiado com o caixa da companhia, que já está em US$ 1,4 bilhão depois de dívidas que a empresa tomou recentemente.

Na estimativa de uma fonte próxima à companhia, a PetroRio também deve gerar mais US$ 500 milhões em caixa até o final do ano, e se beneficiar da geração de caixa do próprio campo. 

Se fechar a compra de Albacora, a PetroRio estuda alternativas de financiamento que incluem reabrir seu bond de US$ 600 milhões, lançar um novo bond no mercado americano e fazer um follow-on

A transação de Albacora Leste é apenas a ponta do iceberg de um plano de crescimento que pode multiplicar o tamanho da PetroRio por mais de 5x.

Se tudo correr como o esperado, a companhia, que hoje produz 34 mil barris/dia, pode chegar a 2024 produzindo 184 mil barris/dia. Além de 50 mil barris/dia de Albacora Leste (após o ramp-up da produção), a empresa pode adicionar os 75 mil/dia de Albacora (depois do desenvolvimento do campo) e mais 24 mil do Campo de Wahoo, comprado em novembro de 2020 e que ainda não entrou em operação.