Uma troca de mãos interessante está acontecendo na Espaçolaser.

Duas gestoras do Leblon estão em pontas opostas.

A Squadra acaba de zerar sua participação na empresa; a Atmos, aumentou. 

Desde o IPO em fevereiro do ano passado, a ação da Espaçolaser cai 65%.