Lutando para melhorar a proposta de compra feita pela Aliansce Sonae, a BR Malls começou a se movimentar.

A empresa disse agora à noite que vendeu uma participação de 30% num shopping periférico – o Center Shopping Uberlândia – por R$ 307 milhões.

A transação avaliou o empreendimento em R$ 1,02 bilhão – um cap rate de 6,7% para 2022 segundo a empresa. A BR Malls continua dona de 21% e se mantém como administradora e comercializadora do shopping.

O comprador foi a Arcom Participações, que já era acionista do shopping. 

A venda parece ter sido desenhada para evidenciar o valor do portfólio que hoje não é reconhecido pelo mercado.

“Acho que a empresa abriu a tenda árabe e está disposta a aceitar propostas por ativos que reflitam o valor justo dos ativos, porque este é um jeito de mostrar que a proposta da Aliansce não reflete o valor justo da soma das partes da empresa,” disse um gestor comprado no papel.