blastU, o 'South by Southwest' brasileiro

Uma vez por ano, uma multidão de artistas, empresários e curiosos se reúnem em Austin — a cidade mais descolada do Texas — para o South by Southwest (SXSW), um evento que mistura cinema, música e empreendedorismo.

Agora, um grupo de quatro sócias está tropicalizando o ‘South by’ — com menos música e cinema, e mais foco em novos negócios e networking.

Inspirado no evento americano, o festival blastU terá sua primeira edição nos dias 16 e 17 de outubro no Pavilhão da Bienal de São Paulo.

“Vamos reunir cabeças diferentes no mesmo lugar, para dar um oxigênio tanto para o investidor ou o empreendedor que já tem um negócio escalável, quanto para quem apenas tem alguma inquietação e quer conhecer pessoas e saber o que estão pensando as principais cabeças criativas”, diz Kelly Cordes, idealizadora do evento que pretende se tornar referência no Brasil.

Nesta edição, uma das grandes estrelas será Mark Gainey, co-fundador e presidente do conselho da Strava, o aplicativo para atletas (profissionais ou só de fim de semana), que fará um ‘anúncio inédito’ para o Brasil.

Assim como o SXSW, a ideia é que o blastU se torne o evento em que empresas disruptivas divulgam suas novidades. (O Twitter, por exemplo, foi lançado na edição de 2007 do SXSW em Austin.)

A lista de palestrantes da estreia é tão longa quanto eclética: vai de Frederico Trajano, do Magazine Luiza; Pedro Conrade, do Banco Neon; e Eric Acher, da Monashees, até nomes menos ligados a business, como Lygia Pereira, PhD em genética humana que falará sobre a revolução da biotecnologia, e David Baker, fundador da revista Wired e professor da School of Life, de Londres.

O conceito do blastU surgiu da experiência de Kelly como consultora de marca. Especialista em branding, ela liderou, entre outros projetos, a construção da nova marca JK Iguatemi para os Jereissati.

“Sempre atendi muitos empreendedores com negócios diferentes, disruptivos e percebi que tinha um gap de conteúdo para eles no Brasil”, diz.

Há dois anos, Kelly começou uma ampla pesquisa para desenvolver um festival formatado para o público brasileiro, que incluiu visitas aos principais eventos internacionais, como o SXSW e o Web Summit, em Lisboa, e conversas com empreendedores e investidores.

“No Brasil, já temos festivais de música, cinema e arte. Mas faltava um espaço para os empreendedores se atualizarem e se conectarem. Todo mundo vai para fora atrás de eventos, de conhecimento e não tinha nada disso por aqui”.

Seus mentores neste processo foram Nicola Calicchio, presidente da McKinsey para a América Latina — o primeiro a aceitar o convite para participar do festival — e Guilherme Azevedo e Thomaz Srougi, cofundadores do Dr. Consulta, para quem tinha prestado um serviço de consultoria de comunicação.

Em janeiro, a curadora de arte e designer Maguy Etlin, esposa de Jean-Marc Etlin – ex-chefe do banco de investimento do Itaú BBA e hoje à frente da CVC Capital – se uniu ao projeto.

A lista de sócias inclui ainda Adriana Percussi, que trabalha com organização de eventos há mais de 20 anos, e Gigi Neves, diretora de relacionamento do Grupo Iguatemi.

Além das palestras, o blastU vai contar com uma rodada de mentorias com mais de 50 pesos-pesados como Mário Malta, da Advent International; Santiago Fossatti, do Kaszek Ventures; Thibaud Lecuyer, fundador da Dafiti; Patrick Sigrist, que fundou o iFood e hoje lidera o fundo Yellow Ventures; e Helio Seibel, que é sócio da Leroy Merlin e acionista relevante da Duratex junto com seu irmão Salo. (Etlin, da CVC, e Acher, da Monashees, também estão no grupo.)

Cada um deles fará quatro sessões individuais de meia hora com empreendedores interessados. Tudo pelo valor do ingresso, de R$ 550 (que, em outras circunstâncias, não cobriria nem a hora dos executivos).

O espaço do evento também foi pensado para estimular a criatividade e o contato entre os participantes. Elaborado pelo arquiteto croata radicado no Brasil, Marko Brajovic, o projeto é todo aberto, sem salas fechadas, de forma que os participantes possam circular entre as diversas sessões que acontecerão de forma simultânea.